Khalil Bendib fala sobre direitos humanos no Irã em São Paulo

O cartunista argelino/americano Khalil Bendib, um dos autores de O Paraíso de Zahra, graphic novel ambientada no Irã de 2009, quando a repressão governamental suprimiu os protestos da chamada “Revolução Verde”, estará nesta segunda-feira 18 no Itaú Cultural, em São Paulo, para debater a questão de direitos humanos no Irã. A discussão, que começa às 20h30, será mediada pelo cineasta e produtor cultural Flávio Azm Rassekh.

Bendib nunca esteve no Irã e fez seus cartoons baseado em referências encontradas na internet. Amir Soltani, o escritor da graphic novel, é iraniano, exilado nos Estados Unidos. Sua vinda para o Brasil estava programada para o início de junho, mas não se concretizou.

Abaixo está a descrição do tema de O Paraíso de Zahra (feita pelo Itaú Cultural) e, no fim do post, um vídeo de uma entrevista de Amir Soltani para a Anistia Internacional (em inglês)

O Paraíso de Zahra (lançado pela editora LeYa em janeiro deste ano) é uma trama ficcional permeada de pessoas reais e eventos com uma visão profunda do que é o Irã hoje. A graphic novel relata a trajetória de Zahra, uma viúva iraniana que após os protestos em Teerã em 2009 perde seu filho Mehdi. Após essas manifestações – decorrentes da reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad – Zahra inicia uma busca desesperada pelo filho, que acredita ter sido vítima da repressão dos aiatolás.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s