Os refugiados palestinos, em imagens

Garotos jogam futebol no campo de refugiados Huson, na Jordânia, em 1977 (Foto: Divulgação / M. Nasr / UNRWA)
Garotos jogam futebol no campo de refugiados Huson, na Jordânia, em 1977 (Foto: Divulgação / M. Nasr / UNRWA)

A Associated Press destacou nesta quinta-feira 15 que agência da ONU para refugiados, a UNRWA, está digitalizando 525 mil arquivos fotográficos dos refugiados que deixaram, na Guerra de 1948, os territórios onde hoje está o Estado de Israel. Disponíveis no site da UNRWA estão cerca de 1,8 mil arquivos, uma pequena parte do imenso arquivo.

15 de maio, é o dia em que os palestinos lembram com pesar a guerra de 1948. O Yawm an-Nakba é o Dia da Catástrofe palestina. Aquele conflito produziu cerca de 700 mil refugiados, que rumaram para a Cisjordânia, a Faixa de Gaza, a Síria, o Líbano e a Jordânia fugindo da violência. No conflito seguinte, em 1967, mais dezenas de milhares de pessoas se tornaram refugiadas e algumas famílias estão, hoje, na quarta geração de refugiados.

Há ainda hoje 1,5 milhão de refugiados palestinos vivendo em 58 campos sustentados pela UNRWA. O retorno deles ao que hoje é Israel ainda é uma reivindicação dos palestinos na negociação de paz, mas poucos creem que ela é crível. O pedido de retorno parece ser, assim, uma moeda de troca em um possível acerto com Israel. Para o governo israelense, o retorno é impensável, pois tiraria o caráter majoritariamente judeu do país.

A última iniciativa para a paz entre Israel e Palestina fracassou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s