Sejamos sinceros, Israel não quer a paz

Veículo militar israelense na fronteira com a Faixa de Gaza (Foto: Israel Defense Forces / Flickr)
Veículo militar israelense na fronteira com a Faixa de Gaza (Foto: Israel Defense Forces / Flickr)

Quem acompanha minimamente o noticiário internacional e já ouviu falar do conflito entre Israel e os palestinos conhece a versão segundo a qual a culpa pela violência é das duas partes. Esta explicação já foi verdadeira, como comprovam os abusos cometidos de parte a parte ao longo do último século, mas a cada nova crise ela se enfraquece. O passar do tempo tem tornado óbvia a responsabilidade maior de Israel pela perpetuação da tragédia. A atual ofensiva, aberta em 8 de julho com o início da operação Protective Edge (Borda Protetora), escancara a intenção israelense de, custe o que custar, levantar barreiras à formação do Estado palestino.

Continuar lendo “Sejamos sinceros, Israel não quer a paz”

Anúncios

Os palestinos existem, sim

No último mês, a tensão entre Israel e Palestina tem se acentuado. O assassinato de três israelenses e um palestino, este queimado vivo, gerou episódios de xenofobia, violência intercomunitária, e a escalada para um novo confronto entre as Forças Armadas israelenses e grupos militantes palestinos, como o Hamas, está à espreita.

Continuar lendo “Os palestinos existem, sim”

Direita e esquerda em Israel e a paz com os palestinos

O site do jornal Haaretz publica nesta quarta-feira um extrato de uma pesquisa de opinião feita pela Universidade de Tel Aviv a ser divulgada na íntegra na quinta-feira. O resumo da pesquisa é um só: os israelenses desejam a permanência de Benjamin Netanyahu como primeiro-ministro. Qual o significado disso? Que a paz com os palestinos está bastante longe de ser obtida. A coalizão de direita … Continuar lendo Direita e esquerda em Israel e a paz com os palestinos