A nova velha ditadura vai governar o Egito?

Manifestante exibe bandeira do Egito ensanguentada após confronto em frente ao quartel da Guarda Republicana, no Cairo, nesta segunda-feira 8
Manifestante exibe bandeira do Egito ensanguentada após confronto em frente ao quartel da Guarda Republicana, no Cairo, nesta segunda-feira 8

Menos de uma semana depois do golpe militar contra o ex-presidente Mohamed Morsi, a crise política no Egito se aprofundou. Se as Forças Armadas diziam em 3 de julho que a intenção ao tirar a Irmandade Muçulmana do poder era reiniciar a “democratização” do país, hoje está cada vez mais claro que os militares colocaram o país no rumo de uma nova ditadura, controlada pelos velhos ditadores: os próprios militares.

Esta segunda-feira 8 marcou o que parece ter sido o dia mais violento no Egito desde a derrubada do ditador Hosni Mubarak, em fevereiro de 2011. Pelo menos 53 pessoas morreram e centenas ficaram feridas em um confronto entre apoiadores de Morsi e os militares nas cercanias do quartel da Guarda Republicana, no Cairo, onde Morsi estaria detido.

Continuar lendo “A nova velha ditadura vai governar o Egito?”

Anúncios

Exército do Egito confirma golpe e tira Morsi do poder

Exército toma ponte em Gisé
Exército toma ponte em Gisé

O Conselho Supremo das Forças Armadas do Egito (Scaf, na sigla em inglês) confirmou nesta quarta-feira 3 o golpe militar anunciado dois dias atrás, por meio de um ultimato ao agora ex-presidente Mohamed Morsi. De acordo com o comunicado lido na tevê estatal do Egito pelo chefe do Scaf, Abdul Fatah Khalil al-Sisi, a Constituição está suspensa e o novo presidente interino do país é o chefe da Suprema Corte, Adly Mansour.

Continuar lendo “Exército do Egito confirma golpe e tira Morsi do poder”

Como será o golpe no Egito?

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o chefe do Scaf, Abdul Fatah Khalil al-Sisi, em encontro no Cairo em 3 de março de 2013
O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o chefe do Scaf, Abdul Fatah Khalil al-Sisi, em encontro no Cairo em 3 de março de 2013

A aproximação do prazo final imposto pelo Conselho Supremo das Forças Armadas do Egito (Scaf, na sigla em inglês) para que governo e oposição cheguem a um acordo elevou as tensões no país nesta terça-feira 2. A certeza entre analistas (da qual compartilho) de que o golpe militar já está dado foi reforçado pelo vazamento de informações a respeito de como ocorrerá o golpe.

Continuar lendo “Como será o golpe no Egito?”

A revolução do Egito vai ser reiniciada?

Imagem: DonkeyHotey / Flickr
Imagem: DonkeyHotey / Flickr

Menos de 24 horas depois de a população egípcia realizar manifestações gigantescas contra o governo do presidente Mohamed Morsi, o Exército do Egito indicou nesta segunda-feira 1º que pode retomar o poder na quarta-feira 3. Será o fim, ao menos momentâneo, do primeiro experimento democrático da história do Egito. A dúvida é se os egípcios querem, e se vão conseguir, reiniciá-lo.

Continuar lendo “A revolução do Egito vai ser reiniciada?”

Os horrores do Exército do Egito

Trechos de um relatório elaborado para investigar abusos cometidos durante o levante contra Hosni Mubarak e depois dele mostram que o Exército do Egito, tido por muitos como “parceiro” da revolução, cometeu uma série de abusos contra a população que deveria defender.

Duas reportagens do jornal britânico The Guardian revelaram as atrocidades. A primeira, de 10 de abril, se concentra num capítulo do documento cujo foco é a atuação dos militares entre 28 de janeiro de 2011, quando foi chamado a intervir pela primeira vez, e 10 de fevereiro, primeira vez em que se colocou ao lado dos manifestantes (Mubarak caiu no dia seguinte).

Continuar lendo “Os horrores do Exército do Egito”