Estado Islâmico: a videoreportagem da Vice

A videoreportagem feita por Medyan Dairieh para a Vice é até aqui o retrato mais profundo do Estado Islâmico (EI), a entidade antes conhecida como Estado Islâmico do Iraque e da Síria que declarou um califado em partes desses dois países em 30 de junho.

A reportagem de Dairieh é importante pois mostra que o avanço do EI, fruto em parte de um levante sunita no Iraque contra o governo xiita, sobrevive por conta de seus armamentos mas também por desfrutar de significativo grau de legitimidade entre a população sunita, alienada pelos sucessivos e sectários governos de Nouri al-Maliki.

Continuar lendo “Estado Islâmico: a videoreportagem da Vice”

Anúncios

Em 2014, o mundo tem um califado islâmico. Como isso foi possível?

No domingo 29, o grupo ultrarradical Estado Islâmico do Iraque e da Síria anunciou a criação de um califado, com o objetivo de governar todas as populações muçulmanas. Por enquanto, o estado islâmico recém-inaugurado se estende do norte da Síria ao Iraque oriental, mas seu projeto é territorialmente ilimitado. A ideia de reeditar o califado é um delírio de extremistas, mas ajuda a mostrar a gravidade daquele que se tornou o problema central para a segurança do Oriente Médio.

Continuar lendo “Em 2014, o mundo tem um califado islâmico. Como isso foi possível?”

O Iraque vai continuar existindo após as eleições?

É difícil escolher um único episódio para simbolizar quão desastrosa foi a invasão e posterior ocupação do Iraque liderada pelos Estados Unidos e secundada pelo Reino Unido em 2003. Trilhões de dólares foram gastos; o país virou abrigo para a Al-Qaeda; e centenas de milhares de pessoas perderam suas vidas. Mesmo diante de tudo isso, as eleições parlamentares desta quarta-feira 30 podem virar um exemplo ainda mais trágico de como a tentativa de impor a democracia goela abaixo dos iraquianos foi um fiasco – o exercício democrático pode ser o estopim de uma guerra civil.

Continuar lendo “O Iraque vai continuar existindo após as eleições?”